Como montar uma cozinha industrial?

Veja algumas dicas que te ajudarão a montar sua cozinha industrial.

Categoria: blog.Categoria.None
by: Sylvie Lira

Você começou um negócio com aquela produção caseira, que acabou fazendo sucesso e a cozinha de casa não está mais dando conta ou então decidiu abrir um negócio agora e não sabe como montar a parte da cozinha industrial? 

Nesse post vamos te ajudar com dicas para montar uma cozinha industrial de qualidade! Aviso logo que esse não é um processo simples. Na hora de montar a sua cozinha precisa ser feito todo um planejamento por trás das instalações e equipamentos a serem utilizados.

Primeiro, o que qualifica uma cozinha como industrial?

A cozinha industrial é aquela que utiliza recursos profissionais na hora de produzir um alimento, é montada a fim de manter um processo de produção otimizado e é usada para preparar grande quantidade de refeições, com medidas e dimensões para atender grandes mercados.

Agora que já sabemos o conceito de uma cozinha industrial, vamos entender o porquê de implementá-la no seu estabelecimento.

A cozinha industrial é essencial para aqueles que buscam maior eficiência e qualidade na hora da produção, ela permite que os produtos saiam de forma rápida, mas sem perder a qualidade e mantendo os padrões de higiene e segurança tanto para o cliente quanto para aqueles que fazem parte da produção! 

Por isso, a cozinha deve ser bem planejada na hora de sua montagem já que o seu Layout é um fator importante para o bom funcionamento do estabelecimento.

    1. Estude e conheça as normas da ANVISA

Antes de começar a planejar a sua cozinha industrial, é importante que você estude e esteja ciente das normas da ANVISA para que a cozinha cumpra as obrigações legais, tenha qualidade e segurança para todos os envolvidos. 

A RDC 216 contém as legislações de higiene e segurança que devem estar presentes na cozinha e durante o seu processo, no que diz respeito a refrigeração de produtos perecíveis, manual de boas práticas de fabricação - entenda aqui os benefícios de um BPF -, descarte de resíduos sólidos, do dimensionamento da edificação e instalações, entre outras regras que devem ser seguidas.

Portanto, é de extrema importância que você como dono do estabelecimento esteja atento às normas da ANVISA, a fim de evitar problemas futuros.

    2. Procure ajuda profissional

Depois de entender as legislações a serem seguidas, é imprescindível a contratação de um projetista para fazer o layout do lugar, esse profissional saberá como utilizar cada espaço de forma a melhorar a qualidade da produção

Mas, por que o layout é tão importante? O Layout de uma cozinha basicamente visa aumentar a eficiência da produção com base nos funcionários e disposição das máquinas, se quiser saber mais sobre esse tema, acesse o nosso post aqui

Ver a imagem de origem

É essencial que o espaço a ser montado seja bem arejado e tenha áreas planejadas para armazenar, higienizar e preparar os alimentos, uma área para limpeza além de espaços para vestiários, sanitários e outras necessidades de seus funcionários.

    3. A escolha dos equipamentos

Ver a imagem de origem

O próximo passo é a escolha dos equipamentos, o maquinário a ser escolhido vai de acordo com o tipo de produção do seu estabelecimento, é ideal que você pesquise bastante sobre a qualidade dos equipamentos a serem utilizados, pois eles serão responsáveis pela qualidade e eficiência da sua produção.

Na hora de escolher os equipamentos ideais é bom ficar atento a alguns pontos como, qualidade, durabilidade, eficiência, capacidade, porte, custo benefício, ver se eles estão dentro das normas e atendem a sua necessidade.

Durante esse processo é aconselhável a ajuda de um profissional experiente para facilitar na hora de identificar quais equipamentos são melhores para a sua cozinha industrial.

Aqui trouxemos um exemplo dos equipamentos ideais para uma cozinha industrial de modo geral, para te auxiliar sobre os principais maquinários necessários: 

    •Fogão industrial: maior rapidez e eficiência na hora de cozinhar;

    •Chapa: muito versátil, permite utilizar uma grande variedade de alimentos;

    •Seladoras: para embalar os produtos e conservá-los;

    •Estufa: para manter os alimentos aquecidos e facilitar a escolha dos clientes;

    •Batedeira: as batedeiras industriais possuem potência melhor que as tradicionais, o que vai te ajudar na otimização do tempo;

    •Fritadeira;

    •Liquidificadores; 

    •Forno industrial: garante maior eficiência e rapidez na preparação;

    •Freezer: para manter a conservação dos alimentos;

    •Estantes de inox: garantem maior resistência e facilidade na circulação do ar;

    •Expositor: para a exposição dos alimentos para os clientes;

    •Carro para transporte de bandejas: para facilitar o transporte desses objetos;

    •Lavatório: para higienização da equipe.;

   •Mesas lisas: para facilitar a higienização, além de serem ótimas para a manipulação de alguns alimentos, como abrir massas.

A quantidade de cada item fica ao seu critério após analisar o processo produtivo da sua cozinha, sua demanda e suas necessidades.

    4. Organize sua equipe e seu processo

Agora que sua cozinha já está toda estruturada, com os equipamentos ideais e um espaço bem aproveitado, está faltando o quê? Organizar o processo de produção e a equipe, porque eles serão responsáveis por fazer essa cozinha funcionar! 

A equipe tem que ser treinada a respeito das legislações de higiene e segurança além de bem qualificada para manusear o equipamento de forma adequada e conhecer bem todo o processo, receitas e entre outros, a fim de garantir um produto de altíssima qualidade e bem padronizado, afinal eles representarão a sua marca!

Então, você já tem ótimas dicas para colocar o seu sonho de ter uma cozinha industrial para frente e turbinar o seu estabelecimento, está esperando o quê? 

Caso tenha alguma dúvida ou queira saber mais sobre como montar a cozinha ideal, entre em contato conosco pelo emailcontato@nuteq.com.br – ou pelo whatsapp(84) 99620-6964 – que um dos nossos consultores estará a sua disposição.

Veja textos relacionados: